Cirurgia plástica no inverno

Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, durante o inverno o número de procedimentos estéticos aumenta em até 50%. Isso porque, o período favorece a recuperação da cirurgia por diversos motivos. Apesar de ser uma época excelente para a realização de cirurgias plásticas, o inverno não é a única estação favorável para isso. Lembre-se que o planejamento é ainda mais importante do que a temperatura.

5 benefícios para fazer uma cirurgia plástica no inverno

Roupas e discrição

O uso de roupas mais largas durante o inverno permite usar cintas de compressão com mais conforto e de forma mais discreta. Além disso, fica mais fácil manter o procedimento em maior sigilo, pois essa é a estação onde mais se usa mais roupas.

Inchaço

O inchaço decorrente da cirurgia plástica tende a ser menos desconfortável, já que durante o frio a dilatação de vasos e a retenção de líquido é menor.

Exposição ao sol

Outro fator favorável é o sol mais ameno durante o inverno. Isso ajuda na cicatrização do procedimento e diminui as chances de manchas na pele. Além disso, com menos dias de sol quente e calor, mais chances de repouso no período de recuperação pós-operatório.

Resultados no verão

Em geral, o período de recuperação de uma cirurgia plástica dura em torno de três meses quando não há complicações. Isso ajuda o corpo a estar preparado para a estação do calor e permite ao paciente se acostumar com o novo visual antes da estação.

Mais tranquilidade

O inverno é o período ideal para ficar em casa se recuperando, pois o frio torna o repouso mais sugestivo. Outro ponto de muita relevância é que na estação mais fria existe uma menor propensão a edemas, deixando o pós-operatório muito mais tranquilo.

Conclusão

As temperaturas amenas são excelentes amigas da boa recuperação da cirurgia plástica, mas fatores como escolha do cirurgião plástico, local da cirurgia e planejamento do procedimento continuam sendo as questões mais importantes ao pensar em realizar qualquer procedimento cirúrgico.

Para ver mais conteúdos como esse, continue acompanhando meu blog e me siga no Instagram

Fonte: http://www2.cirurgiaplastica.org.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *