O “bumbum à brasileira”, nome popular dado aos glúteos com formato avantajado e arredondado, é desejado por mulheres do mundo todo. Por isso, a cirurgia de aumento dos glúteos, conhecida popularmente como gluteoplastia, é um dos procedimentos mais procurados pelas brasileiras. Na técnica mais utilizada, próteses de silicone são posicionadas dentro do músculo glúteo máximo, escondendo-as bem e deixando um aspecto real de hipertrofia da musculatura.

Antigamente o temor era grande, principalmente devido a resultados considerados artificiais. Hoje as técnicas e os implantes evoluíram, levando a pacientes cada vez mais satisfeitos. Entenda:

  • As próteses de silicone para glúteos possuem formato oval ou redondo.
    O tamanho varia de acordo com os objetivos estéticos e as características do corpo da paciente. São consideradas seguras e capazes de suportar pressões e quedas.
  • As cicatrizes da gluteoplastia são escondidas no sulco entre os glúteos, o que permite um resultado ainda mais interessante e satisfatório.
  • Os cuidados pós-operatórios da plástica evoluíram e hoje, na maioria dos casos, já se permite apoiar em cima dos implantes logo após a cirurgia.

Com o fim do preconceito e com resultados naturais, este procedimento tem ficado cada vez mais popular.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE GLUTEOPLASTIA

Para garantir uma expectativa realista sobre os resultados, é importante conhecer alguns detalhes da cirurgia plástica:

  •  Há duas técnicas diferentes
    É possível aumentar e remodelar o bumbum de duas formas: com implantes de silicone ou transferência de gordura análoga (retirada do próprio corpo da paciente). Os implantes deixam os glúteos mais arredondados, enquanto o enxerto de cria contornos mais naturais.
  • Para um resultado harmônico, o volume deve ser proporcional ao corpo
    Embora muitas pacientes queiram ter o bumbum idêntico ao de uma celebridade, é importante entender que essa cirurgia plástica é sempre individualizada conforme as características do seu corpo. De modo geral, o objetivo da gluteoplastia não é apenas aumentar o bumbum, mas torná-lo mais harmônico em relação aos quadris e à cintura.
  •  Após um implante nos glúteos, não é possível tomar vacina no bumbum
    A prótese de silicone é segura e densa, porém, agulhas podem provocar cortes e prejudicar o implante. Por isso, recomenda-se que, após se submeter à plástica, não haja aplicação de vacinas no bumbum, somente nos braços ou coxas.
  • Fuja do silicone industrial
    Mesmo sendo proibido, o silicone industrial ainda é utilizado por clínicas clandestinas. Trata-se de uma opção extremamente perigosa, que pode causar inflamações e deformações graves. Fique atenta!

PREENCHIMENTO COM GORDURA PARA AUMENTAR O BUMBUM

Como foi dito acima, para aumentar o bumbum, nem sempre é necessário optar pela prótese de silicone. Você também pode optar pelo preenchimento com gordura do próprio corpo, retirada durante uma lipoaspiração. Neste caso, a plástica é chamada de lipoenxertia. Essa gordura também pode ser utilizada para remodelar o contorno corporal e para o preenchimento de sulcos em outras regiões do corpo e do rosto, como: quadris, coxas, lábios e no “bigode chinês”. Confira os benefícios dessa cirurgia plástica!

  • Confere contorno natural ao corpo.
  • É pouco invasiva.
  • A recuperação é rápida.
  • As incisões para remoção e inserção de gordura são muito pequenas.
  • Não há rejeição de tecidos.
  • Resultados em longo prazo.
  • Não há substância ou objeto estranho no corpo.

PRINCIPAIS DÚVIDAS SOBRE A GLUTEOPLASTIA

  • A prótese de glúteo é resistente?
    Sim! A prótese de glúteo é feita com materiais resistentes e desenvolvidos especialmente para a região.
  • A prótese de glúteo tem validade?
    Sim, mas a sua durabilidade tem aumentado cada vez mais com os avanços tecnológicos dos materiais das próteses. Em média, elas devem ser trocadas após 15 anos de uso.
  •  Quando devo trocar minha prótese?
    Independente do tempo, é preciso trocar a prótese em caso de ruptura. Além disso, é preciso procurar o seu cirurgião caso haja qualquer mudança de forma, dor local ou inchaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *