O QUE VEM APÓS A CIRURGIA BARIÁTRICA?

Após passar por uma cirurgia bariátrica, o paciente fica com um excedente de pele muito grande, afinal, ele foi submetido a uma perda considerável de tecidos repentinamente. Esse excesso de pele causa muito incômodo, tanto na autoestima do paciente, quanto na saúde, uma vez que essa pele está muito propensa a dermatites e feridas por atrito.

No entanto, a cirurgia pós bariátrica não é exatamente uma cirurgia, mas um conjunto de procedimentos que visa melhorar o aspecto e a saúde do paciente. Dentro desses procedimentos podem estar incluídos abdominoplastia, braquioplastia, cruroplastia e mamoplastia. Isso significa que não é simplesmente sair da cirurgia bariátrica e ir para a plástica, ou melhor para as plásticas.

Antes de tudo é necessário um planejamento cirúrgico meticuloso. O primeiro passo é eliminar, com dieta e exercícios, o excedente de gordura que não foi retirado na cirurgia bariátrica. Então, com o peso ideal, ele será submetido às cirurgias de remoção de pele.

Acontece que, na maioria dos casos, a quantidade de pele é grande, portanto, impossível de ser retirada de uma vez. Existem protocolos que determinam o tempo máximo que o paciente pode ficar sob procedimento, bem como a quantidade máxima de tecido a ser removido. Isso quer dizer que a cirurgia pós bariátrica, em geral, acontece em várias etapas.

Por isso, o importante é ter paciência e conversar com o seu cirurgião para traçar o melhor planejamento cirúrgico para o seu caso.

O QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A PÓS-BARIÁTRICA

  •  Pós-bariátrica não é uma cirurgia, mas um conjunto de procedimentos.
  •  Esses procedimentos são indicados para a retirada do excesso de pele e não possui fins estéticos.
  •  Para realizar a pós-bariátrica, o paciente deve estar com o peso estável por, pelo menos, 3 a 6 meses.
  •  Mulheres que realizam a cirurgia devem aguardar de 15 a 18 meses para engravidar.
  •  É necessário repouso no pós-operatório para melhor cicatrização.

QUANDO FAZER A CIRURGIA DO CONTORNO CORPORAL?

Depois de se submeter a uma redução do estômago (cirurgia bariátrica), algumas pessoas ficam com a autoestima abalada devido ao excesso de pele e a falta de contorno corporal resultantes do emagrecimento brusco.

Nesses casos, é importante considerar uma cirurgia de contorno corporal para eliminar a pele excedente e restaurar o tônus em regiões como coxas, braços, abdômen, glúteos e mamas. Trata-se de uma alternativa indicada na pós-bariátrica para aumentar a satisfação do paciente com o seu novo corpo e recuperar sua autoestima.

É pertinente ressaltar que a etapa de adaptação na pós-bariátrica exige não só o acompanhamento do gastrocirurgião, mas também de endocrinologistas, nutricionistas e psicólogos. Isto porque a cirurgia plástica de contorno corporal só pode ser realizada quando o paciente já tiver alcançado o equilíbrio metabólico, nutricional e emocional.

O Contorno Corporal pode ser realizado:

  •  Nos glúteos;
  •  No abdômen
  •  Na cintura;
  •  No quadril;
  •  Nas coxas.

É possível realizar uma ou mais cirurgias, de acordo com o biotipo e a necessidade de cada paciente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *