O SUCESSO DA CIRURGIA TAMBÉM DEPENDE DE VOCÊ!

O cirurgião plástico e a operação não são os únicos responsáveis pelo sucesso de uma cirurgia plástica. Há diversos fatores que, se forem seguidos à risca pelo paciente, podem garantir o melhor resultado e evitar o surgimento de possíveis complicações. Confira!

  • Não fume!
  • Faça a higiene corporal, antes e depois do procedimento, conforme orientado pelo médico e com os produtos indicados por ele.
  • Siga todas as orientações passadas pela equipe médica.
  • Realize drenagem linfática caso seja necessário.
  • Use uma cinta ou malha compressiva.
  • Evite movimentos bruscos e carregar peso.
  • Evite tomar sol.
  • Mantenha uma alimentação saudável.
  • Beba muita água!

HIGIENE PÓS-OPERATÓRIA

Hoje, você vai saber como deve ser feita a higiene após a cirurgia plástica. Para se ter uma ideia, a falta de higiene adequada, das mãos e dos materiais utilizados nos curativos, podem causar infecções e outras complicações. Saiba como agir!

  • Sempre higienizar as mãos da pessoa que fará a troca do curativo.
  • Os banhos devem ser rápidos e mornos (nunca use água quente demais).
  • Usar toalhas exclusivas para as áreas operadas, sempre limpas e macias.
  • Usar sabão neutro.
  • Lavar a malha pós-cirúrgica frequentemente.
  • Pacientes que se submeteram à gluteoplastia devem se lavar sempre que forem ao banheiro.

Em alguns casos e dependendo da cirurgia, as indicações podem variar (como lavar ou não o ferimento). O mais importante é seguir à risca as orientações do seu cirurgião!

PÓS-OPERATÓRIO E CALOR

Muitas pessoas optam por fazer uma cirurgia plástica durante o verão porque esse é, geralmente, o período de férias do trabalho ou dos estudos. De acordo com a Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica, não existe contraindicação em operar nessa época, desde que sejam tomados alguns cuidados adicionais em relação ao sol e ao calor. Confira!

  • Drenagem linfática: o procedimento é importante para eliminar o excesso de líquido. Além disso, acelera o processo de recuperação e potencializa os resultados.
  • Evitar locais quentes, pois eles aumentam os edemas e inchaços.
  • Não se expor diretamente ao sol durante os 30 primeiros dias em nenhuma circunstância, pois isso estimula a produção de melanina que poderá depositar-se na cicatriz, tornando-a escura.
  • O uso de filtro solar com FPS 60 em regiões operadas é altamente recomendável, além do uso de bonés e chapéus no caso de cirurgias na face.
  • Em cirurgias maiores, como a lipoaspiração, a desidratação é um fator importante a ser prevenido. É necessário ingerir mais de três litros de água por dia nos primeiros dias.
  • Apesar do calor, é de extrema importância o uso da cinta, quando o procedimento exigir, para evitar inchaço excessivo e fibrose.

PÓS-ABDOMINOPLASTIA

Se expor ao sol após um procedimento cirúrgico pode trazer sérias consequências para a cicatriz. E isso acontece mesmo se você não tomar sol diretamente na cicatriz, já que a produção de melanina acontecerá no corpo inteiro. Por isso, após uma abdominoplastia, a indicação é ficar um ano sem tomar sol.

Sabendo disso, o ideal é que você converse com o seu cirurgião sobre o tempo de recuperação e, depois disso, programe a sua cirurgia respeitando o período necessário de pós-operatório.

COMO EVITAR A FIBROSE

As fibroses são cicatrizes que se formam internamente depois de uma cirurgia plástica, principalmente a lipoaspiração.

A fibrose é uma complicação quando se apresenta em tamanhos maiores e em maior quantidade, resultando em irregularidades na pele, endurecimento, desconforto e/ou dor.

Para evitar esse problema é necessário:

  • Drenagem linfática.
  • Ultrassom.
  • Uso correto das cintas modeladoras.
  • Evitar esforço físico.

EFEITO SANFONA X CIRURGIA PLÁSTICA

O efeito sanfona, nome popular para a perda e ganho excessivos de peso, é prejudicial para a saúde e pode indicar problemas emocionais – quando os acontecimentos do dia a dia influenciam na quantidade e na qualidade do que comemos.

Essa variação de peso é capaz de causar danos no corpo, principalmente nos seios e no abdômen. E, se acontecer após uma cirurgia plástica, o efeito sanfona pode comprometer seriamente os resultados, causando excesso de pele, flacidez e estrias.

DIMINUA O SAL APÓS A CIRURGIA


Manter uma alimentação saudável é fundamental para a recuperação de uma cirurgia plástica. O sódio (um dos componentes do sal), por exemplo, é um dos responsáveis pela retenção de líquidos e pode contribuir para manter o inchaço, comum no pós-operatório de um procedimento cirúrgico.

Além disso, o excesso de sal pode afetar o processo de cicatrização, desfavorecendo o sistema imunológico.

COMO VOU DORMIR APÓS OPERAR O BUMBUM?

Existe uma posição certa para dormir após a cirurgia plástica de glúteo? Essa é uma das principais dúvidas de quem pretende passar pela gluteoplastia – e deve ser mesmo – porque os cuidados no pós-operatório são fundamentais para o resultado do procedimento. Confira, então, algumas orientações:

  • Normalmente, a posição recomendada é dormir de barriga para baixo durante os primeiros 15 dias de pós-operatório.
  • Existe a possibilidade de dormir de barriga pra cima, elevando as pernas e colocando almofadas especiais para proteger a região.
  • É recomendado sentar “nas coxas”, sem colocar pressão nos glúteos.
  • Não é recomendado permanecer sentado por um período prolongado nos dias iniciais.

BENEFÍCIOS DA DRENAGEM

Após uma cirurgia plástica a drenagem linfática é um dos cuidados mais indicados pelos médicos para ajudar na cicatrização do corpo e na recuperação do paciente. Isso acontece porque ela:

  • Reduz a retenção de líquido.
  • Alivia dores.
  • Acelera o processo de cicatrização.
  • Reduz a fibrose.
  • Ajuda na recuperação após o procedimento.

POR QUANTO TEMPO DEVO FAZER A DRENAGEM?

São necessárias, no mínimo, 10 sessões de drenagem, até porque os benefícios só costumam aparecer a partir da 5ª sessão. Mas esse número pode aumentar de acordo com a velocidade de recuperação da paciente, afinal, cada organismo responde no seu próprio tempo.

Mas, atenção: a drenagem só pode ser iniciada após a liberação do cirurgião plástico e precisa ser feita por um profissional capacitado.

Passado o pós-operatório, aqueles que quiserem podem continuar aproveitando de outros benefícios da drenagem linfática.

DOR APÓS O IMPLANTE DE SILICONE

É comum que a dor após o implante de silicone seja mais intensa quando a prótese é colocada atrás do músculo e também quando ela é muito grande.

Nesses casos, a paciente pode precisar de mais tempo de repouso e menos movimentos com os braços no pós-operatório.

Mas isso não deve servir como base na hora de escolher a técnica a ser utilizada. Principalmente porque as recomendações do seu cirurgião, o uso de medicações prescritas e as drenagens linfáticas ajudam a amenizar o desconforto.

Junto ao seu cirurgião, escolha a técnica mais adequada para o seu corpo e a que tem mais probabilidade de alcançar o resultado que você tanto sonha.

REMÉDIOS NO PÓS-OPERATÓRIO

Após uma cirurgia plástica, é comum haver dor e incômodo no local que foi operado. Por isso, o médico pode recomendar o uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios, que ajudam a controlar a dor e o inchaço local.

O tipo de remédio, seja mais leve ou mais potente, varia de acordo com o tamanho da cirurgia e a intensidade da dor que cada pessoa pode apresentar.

Entretanto, caso a dor seja muito intensa ou não melhore com os medicamentos, é importante ir ao médico para que novas avaliações ou exames sejam feitos.

Vale lembrar que o medicamento é uma faca de dois gumes, portanto, NUNCA se automedique! Um remédio errado pode prejudicar o seu quando ao invés de ajudar ou mascarar uma situação que deve ser avaliada pelo cirurgião plástico.

COMO CUIDAR DOS SEUS PONTOS CIRÚRGICOS

  • Não toque na ferida sem lavar as mãos.
  • Lave com água e sabão neutro.
  • Use gazes estéreis na hora de lavar.
  • Evite deixar o corte sem curativo.
  • Não faça esforço acima do recomendado.
  • Não comprima o local com roupas apertadas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *