Conheça os principais procedimentos antiaging realizados no mercado e por mim!

PROCEDIMENTO ESTÉTICO OU CIRURGIA PLÁSTICA?

Os procedimentos estéticos minimamente invasivos são mais buscados por quem deseja o rejuvenescimento facial, com recuperação mais rápida e menor valor de investimento. É importante levar em consideração que esses tratamentos possuem data de validade, que varia de acordo com a técnica escolhida e o organismo de cada paciente.

Quando os procedimentos estéticos não são capazes de atingir o resultado esperado ou quando o paciente deseja um resultado mais duradouro é indicada a cirurgia plástica. Vale ressaltar que, independente do tratamento escolhido, o responsável por fazê-lo é o cirurgião plástico, membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica!

LIPOENXERTIA FACIAL

Com o passar dos anos, alguns sinais ficam evidentes no rosto, deixando a aparência mais envelhecida. Dentre eles estão:

  • Os sulcos (como o bigode chinês) ficam mais evidentes e profundos.
  • As maçãs do rosto ficam menos proeminentes.
  • Os lábios ficam mais finos.

Isso acontece porque a distribuição da gordura da face muda ou simplesmente perdemos gordura nessa região. Nesses casos, a cirurgia plástica indicada é a lipoenxertia facial, que consiste em preencher a face com a própria gordura do paciente, corrigindo essas marcas do tempo. Os benefícios desse procedimento são:

  • Efeito preenchedor, reposicionando a gordura da face e oferecendo um aspecto mais jovial.
  • Promove uma melhora no colágeno da pele, otimizando sua qualidade.
  • Resultados mais definitivos.
  • Menor risco de reações alérgicas ou adversas, já que a gordura é do próprio paciente.

QUANDO FAZER UM LIFTING?

Não existe uma idade certa para notar os sinais do envelhecimento e isso acontece porque esse processo depende das características de cada pessoa, como: tipo de pele e os cuidados com ela ao longo da vida, fumo, consumo de álcool, exposição excessiva ao sol, sedentarismo e alimentação. Da mesma forma, também não existe idade exata para investir no lifting facial, a cirurgia plástica responsável por remover o excesso de rugas, pele e flacidez da face.

O ideal é realizar o procedimento quando as marcas do tempo já forem um incômodo para você. Para aquelas que buscam um resultado mais natural, ou que não desejam que a cirurgia salte aos olhos dos conhecidos, também é indicado não esperar que o envelhecimento seja tão perceptivo para as outras pessoas.

VOCÊ SABE O QUE É HARMONIZAÇÃO FACIAL?

Atualmente, fala-se muito em harmonização facial. Mas você sabe o que esse termo significa?

A harmonização facial é um conjunto de procedimentos combinados para promover o equilíbrio estético entre os traços do seu rosto. Dentre as principais cirurgias plásticas realizadas com esse objetivo estão:

  • Blefaroplastia.
  • Rinoplastia.
  • Bichectomia.

Alguns procedimentos minimamente invasivos também auxiliam na harmonização facial também, como:

  • Aplicação de toxina botulínica.
  • Preenchimentos com ácido hialurônico.

PROCEDIMENTOS RÁPIDOS

O rejuvenescimento é um dos principais motivos que levam homens e mulheres a buscarem procedimentos faciais. O problema é que o tempo e a paciência são fundamentais para aguardar o resultado final de uma operação e muitos pacientes querem ter um rosto mais jovem pra ontem. Conheça, então, alguns tratamentos que não exigem cirurgia!

  • Laser de CO2 fracionado: é uma opção de peeling a laser.
  • Preenchimento: injeção de produtos para repor o volume facial e melhorar as marcas do envelhecimento.
  • MD Codes: mapeamento para que o preenchimento seja aplicado em pontos estratégicos do rosto.
  • Bioestimulador de colágeno: injeção do ácido poli-L-lático que estimula a produção de colágeno pelo próprio corpo, deixando os resultados mais naturais e duradouros.
  • Fios de sustentação: É indicado para tratar a flacidez do rosto e do pescoço. Consiste em fios que se fixam às camadas profundas da pele e estimulam a produção de colágeno.
  • Skinbooster: injeção do ácido hialurônico em uma densidade que promove uma hiper-hidratação da pele com atenuamento de rugas finas.

CIRURGIA PLÁSTICA DEPOIS DOS 60

Devido ao envelhecimento facial, a jovialidade de dentro nem sempre é compatível com a aparência que enxergamos no espelho. E é por isso que as cirurgias plásticas são cada vez mais procuradas por aqueles com mais de 60 anos. Mas essa prática é segura?

O limite para a realização de cirurgias plásticas em pessoas mais velhas é a saúde do paciente, não sua idade cronológica. Mas esse fator requer cuidados diferenciados, como:

  • A associação de dois ou mais procedimentos em uma única cirurgia não é recomendada.
  • O cirurgião plástico não pode fazer grandes descolamentos de pele, já que a recuperação desses tecidos pode ficar comprometida após a cirurgia.
  • O tempo cirúrgico tem que ser o mais reduzido possível, mantendo o paciente por pouco tempo sob o efeito da anestesia.
  • Os exames serão mais minuciosos e extensos, com atenção especial para a avaliação cardiológica.

Portanto, o cirurgião plástico trabalhará dentro das possibilidades clínicas do paciente, com o objetivo de atender às expectativas da pessoa, sem expor a sua saúde a riscos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *