Você já ouviu falar em Hip Dips?

Hip Dips ou Depressão Trocantérica é caracterizada por um desnível na parte lateral do bumbum, criando um sulco visível no glúteo – como se tivesse um buraco bem na lateral entre quadril e glúteo. O problema incomoda muitas mulheres, mas pode ser tratado cirurgia plástica!

Por que o Hip Dips acontece?

A depressão trocantérica é mais comum em pessoas magras ou em mulheres que treinam glúteos e coxas com grande intensidade.

Tratamento para Hip Dips

A lipoenxertia é a melhor técnica para tratar o Hip Dips. Na lipoenxertia, a gordura de uma área do corpo é aspirada e, depois, tratada e injetada na depressão trocantérica para preencher vincos ou aumentar o volume.

Por ser material biológico próprio, o corpo pode absorver uma porcentagem maior que a esperada do enxerto. Os resultados são excelentes!

Pós-operatório da lipoenxertia

  • Os curativos e cuidados devem ser seguidos à risca e de acordo com o combinado com o cirurgião;
  • O banho completo é liberado após dois dias;
  • É recomendado 20 dias em repouso absoluto, evitando qualquer tipo de esforço físico;
  • Evitar usar salto alto por, no mínimo, 1 mês;
  • Não dirigir nos primeiros 30 dias;
  • Cuidar da alimentação;
  • A medicação receitada pelo médico deve ser tomada com responsabilidade, bem como a presença nas consultas de acompanhamento deve ser cumprida à risca.

Gostou do artigo de hoje? Para ver mais conteúdos como esse, continue acompanhando meu blog e me siga nas Instagram

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *